Como tratar o seguro colectivo?

O seguro colectivo pode ser tratado como uma rubrica no orçamento ou separadamente na ficha do condomínio. Tratar o seguro colectivo no orçamento implica que todas as fracções do condomínio (ou das zonas indicadas) pagam o seguro.

Tratar o seguro separadamente permite gerir situações especiais:

- Fracções que não pagam seguro colectivo, em virtude de terem seguro individual;

- Fracções que pretendem ter uma cobertura por um capital superior ao obrigatório;

- Fracções que pretendem ter coberturas adicionais: apesar de manterem o valor do capital seguro, tem um prémio superior.

No GECOND, o Seguro Colectivo do Condomínio é constituído por duas componentes: a apólice e as actualizações.

A apólice, além da respectiva informação, tem o registo dos meses em que é feita a cobrança do prémio aos condóminos e a forma como é calculado: proporcional ou equitativa.

Cada apólice tem uma ou mais actualizações (normalmente uma por ano), mas apenas uma actualização pode estar activa. As actualizações, normalmente anuais, têm o valor do capital obrigatório, do valor seguro e do prémio. É a partir das actualizações que são calculados os valores a pagar por cada fracção.

O valor de cada cobrança calculado na ficha das Actualizações, é repartido pelo número de meses assinalado na ficha da apólice.

  • colectivo, seguro
  • 0 Utenti hanno trovato utile questa risposta
Hai trovato utile questa risposta?

Articoli Correlati

O que é o capital real da fracção?

É o valor pelo qual a fracção fica segura pelo seguro colectivo.  

O que é o capital real do condomínio?

É o valor sobre o qual se vai segurar o condomínio: exclui as fracções que não participam no...

O que é uma zona?

Uma zona é um conjunto de fracções com as mesmas características orçamentais. Normalmente a...

Onde inserir uma fracção de um determinado condomínio?

Uma das fases da construção de um condomínio é a criação das fracções correspondentes ao...

Onde posso introduzir os saldos iniciais?

Por vezes na criação de um condomínio existe a necessidade de inserir saldos iniciais se no mesmo...