Lançamento de saldos financeiros iniciais após importação do Gecond 2

A importação de um condomínio do Gecond 2 não transporta automaticamente os saldos financeiros iniciais de gestão corrente e de fundo de reserva e os saldos de caixa e das contas bancárias. Essa tarefa deverá ser executada manualmente pelo utilizador.

Antes de registar os saldos financeiros iniciais, duas outras tarefas deverão ser realizadas:

  • Ativação do 1º orçamento: necessário para o Gecond 3 saber a que data se referem os saldos iniciais.
  • Criação e associação das contas bancárias ao condomínio.

O separador dos Saldos Financeiros Iniciais na ficha do condomínio divide-se em três áreas principais:


I - Saldos Financeiros Iniciais de Gestão Corrente e Fundo de Reserva



Os valores aqui registados são os valores reais (financeiros) de gestão corrente e de fundo de reserva do condomínio, considerados à data final do último orçamento do condomínio no Gecond 2.

O método mais simples para obter esses valores passa por visualizar a Análise do Exercício 1 do Gecond 2 e ler os valores da coluna "Saldo Final" da secção "Caixa e Bancos".

Tomando como exemplo um condomínio cujo 1º exercício no Gecond 3 será o ano civil de 2020, visualizamos a Análise do Exercício 1 do ano de 2019 no Gecond 2 e na secção de Caixa e Bancos temos os seguintes valores:


  Caixa e Bancos
  Saldo Inicial Saldo Exercício Saldo Final
Gestão Corrente -1.021,55 995,59 -1.825,96
Fundo de Reserva 4.386,13 1.000,00 5.386,13
Total 3.364,58 1.995,59 3.560,17

De acordo com esse quadro os valores dos saldos financeiros iniciais de gestão corrente e de fundo de reserva deverão ser registados como se vê na imagem seguinte:



II - Distribuição dos Saldos Financeiros pelas zonas



Assim que os saldos financeiros de gestão corrente e de fundo de reserva são registados, e se o condomínio tiver zonas, o Gecond 3 distribuirá esses valores pelas zonas de forma proporcional à permilagem de cada zona. O utilizador poderá alterar essa distribuição, desde que a soma das distribuições de gestão corrente e de fundo de reserva pelas zonas coincidam com os valores totais anteriormente registados.

Usando o exemplo anterior, o condomínio tem duas zonas, "Apartamentos" e "Garagens", com permilagens respectivamente de 600 ‰ e 400 ‰. A distribuição automática feita pelo Gecond 3 é a seguinte:



O utilizador poderá alterar essa distribuição, colocando por exemplo:



Note-se que o utilizador alterou os valores atribuídos à gestão corrente, mas cometendo um pequeno erro: a soma dos dois valores dá o total de -1.825,90 €, que tem um diferencial de 6 cêntimos em relação ao total introduzido no saldo financeiro inicial de gestão corrente. Ao tentar gravar a alteração o utilizador receberá a mensagem:



O utilizador deverá corrigir manualmente os valores introduzidos.

Se houver interesse em gerar relatórios separados por zonas, o utilizador deverá registar a distribuição real nas zonas. Para isso deverá registar os valores dos saldos finais de gestão corrente e de fundo de reserva das zonas na área de “Caixa e Bancos” da Análise do Exercício 1 do Gecond 2, usando a opção de separação por zonas.


III - Saldos Iniciais de Caixa e das Contas Bancárias



Finalmente, o utilizador deverá introduzir os valores inicias de caixa e de cada conta bancária, distribuídos pela gestão corrente e pelo fundo de reserva.

A forma mais cómoda de obter esses valores consiste na utilização do balancete do Gecond 2. O balancete permite visualizar essa distribuição no final do exercício. No fundo do balancete temos a secção "Saldo Final", como exemplificado a seguir:


Saldo Final
Caixa
Gestão corrente -2.294,87
Fundo de reserva 2.294,87
Total Caixa 0,00
Bancos
Conta à ordem 468,91
Conta Poupança Condomínio 3.091,26
Total Bancos 3.560,17

Seguindo esse exemplo, o registo da distribuição pelo caixa e contas bancárias deverá ser a seguinte:



De notar que a distribuição do caixa deve ser feita como apresentado no balancete do Gecond 2, e não apenas colocando o valor do saldo total de caixa (0 €) . É necessário garantir que o total dos valores distribuídos pela coluna "Gestão corrente" coincida com o valor do saldo financeiro inicial de gestão corrente.

No exemplo, note-se que -2.294,87 + 468,81 = -1.825,96, que é efetivamente o valor do saldo financeiro inicial de gestão corrente.

Do mesmo modo, para o fundo de reserva, temos que 2.294,87 + 3.091,26 = 5.386,13, valor registado para o saldo financeiro inicial de fundo de reserva.


Artigo relacionado: Lançamento de saldos financeiros iniciais

  • bancos, caixa, financeiros, saldos, fundo de reserva, gestão corrente
  • 0 Utilizadores acharam útil
Esta resposta foi útil?

Artigos Relacionados

Avisos e créditos para ex-condóminios

Este manual explica resumidamente como lançar avisos ou créditos a condóminos que não existam no...

Cobrança de valores em débito

A reimpressão de avisos de cobrança inclui sempre os valores originais faturados dos avisos,...

Créditos em cartas de cobrança

Na geração de cartas de cobrança o utilizador tem controle sobre a inclusão de eventuais créditos...

Criar avisos de cobrança para o inquilino

Quando a uma fração está associada outra entidade além de proprietários (inquilinos, locatário ou...