Transferências não identificadas

 

 

É uma situação relativamente comum a existência de transferências efetuadas para a conta bancária do condomínio sem qualquer identificação da sua proveniência.

Pode, por exemplo, tratar-se de um valor que corresponde às quotas mensais de várias frações, não permitindo a sua identificação simples.

É aconselhável registar de algum modo esse valor recebido, para que não caia no esquecimento até a identificação inequívoca do condómino que realizou o pagamento. Não é possível ainda efetuar a emissão de um recibo, pois não sabemos que avisos devemos incluir.

Este artigo pretende mostrar uma estratégia para efetuar o registo imediato desses valores, e explicar também como tratar essa informação quando a origem da transferência for identiifcada.

Criação de um condómino fictício

O primeiro passo, a realizar uma única vez, será a criação de um condómino fictício que servirá como emissor temporário do pagamento. Aceda a Entidades ➜ Condóminos e use a opção "Adicionar" para criar um novo condómino. Dê-lhe um nome que identifique de forma fácil o seu objetivo, como, por exemplo, "Transferência Não Identificada".

Dessa forma será fácil pesquisar posteriormente pelos documentos que serão associados aos pagamentos não identificados.

Criar um adiantamento

A maneira mais simples de registar a entrada de dinheiro não identificada na conta bancária do condomínio é a criação de um adiantamento. Um adiantamento é um crédito que movimenta o caixa ou uma conta bancária.

Se desejar conhecer melhor a diferença entre um crédito e um adiantamento, deve consultar este artigo sobre adiantamentos e créditos.

Para criar o adiantamento deverá usar a opção de menu Lançamentos ➜ Documentos ➜ Créditos e Adiantamentos e usar a opção "Adicionar".



No campo relativo à entidade deverá indicar o condómino fictício que criou anteriormente.

É fundamental que marque a opção "Credita caixa ou banco do condomínio?" e indique os dados de pagamento conhecidos. Somente assim será movimentada a conta bancária.

Identficação do condómino

Posteriormente o condómino que fez o pagamento é identificado e queremos corrigir o registo do valor recebido para considerar essa informação.

Basicamente deverão ser executados as seguintes operações:

  • Anular o adiantamento
  • Emitir o recibo

Para anular o adiantamento deverá procurá-lo através da pesquisa em Lançamentos ➜ Documentos ➜ Créditos e Adiantamentos, entrar na ficha correspondente e usar a opção . É aconselhável registar detalhadamente a razão de anulação, para referência futura.

A anulação do adiantamento anulará automaticamente o movimento bancário original.

Caso o movimento bancário associado ao adiantamento tenha já sido conferido, não será permitido anulá-lo.

Deverá aceder aos movimentos bancários da conta do condomínio e desmarcar o visto de conferência desse movimento.

Deverá de seguida emitir o recibo da forma normal, liquidando os avisos pagos pelo condómino.

  • desconhecida, adiantamento, transferência
  • 3 Utilizadores acharam útil
Esta resposta foi útil?

Artigos Relacionados

Adicionar pacote de referências Multibanco e/ou Payshop à empresa

Este tutorial em vídeo mostra como atribuir um pacote de referências Multibanco e/ou Payshop à...

Adicionar pacote de referências Multibanco e/ou Payshop ao condomínio

  Este tutorial em vídeo mostra como atribuir um pacote de referências Multibanco e/ou Payshop...

Alertas de seguros individuais no recebimento

    Quando se efetua um recebimento, o Gecond 3 apresenta uma mensagem de alerta se...

Adiantamentos e créditos

    Introdução No Gecond 3 os créditos podem ser interpretados de duas maneiras...

Alterar o titular de avisos de cobrança de quota

    É possível alterar o titular de avisos de cobrança desde que sejam satisfeitas...